A culpabilização da vítima no crime de estupro: os estereótipos de gênero e o mito da imparcialidade jurídica, da autora Giovana Rossi

31/08/2017

Por Redação – 31/08/2017


Giovana Rossi é a autora do livro que é dica de hoje: A culpabilização da vítima no crime de estupro: os estereótipos de gênero e o mito da imparcialidade jurídica.


Confira a descrição da obra:


“A presente obra pretende analisar o crime de estupro sob a perspectiva de gênero, destacando-o como produto das relações sociais desiguais entre homens e mulheres. Objetiva-se, principalmente, verificar se, ao julgar processos envolvendo esse delito, os magistrados analisam de forma imparcial o fato em si ou se também se reproduzem preconceitos e discriminações, em especial em relação à mulher, que reforçam as desigualdades de gênero e naturalizam ou até mesmo justificam a violência sexual.
Para isso, será feita uma análise conjuntural – histórica, social, cultural e normativa – em que a violência sexual contra a mulher se manifesta, a fim de demonstrar que as noções preconcebidas e os estereótipos relacionados a esse crime possuem explicações frágeis e insustentáveis e há muito deveriam ter sido superados pela sociedade e pelos operadores do sistema de justiça penal.”






Para garantir seu exemplar entre em contato através do vendas@emporiododireito.com.br






Tem interesse em publicar seu livro????


Entre em contato através do email: editora@emporiododireito.com.br


Confira nossas publicações aqui.







 

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura