Trump deve divulgar documentos sobre morte do ex-presidente Kennedy

23/10/2017

O presidente norte-americano Donald Trump  pretende permitir a abertura de documentos secretos sobre o assassinato em novembro de 1963 do presidente John F. Kennedy, que estão agendados para serem liberados na semana que vem.


O assassinato de 22 de novembro de 1963 deu fim ao “Camelot”, como os primeiros mil dias da presidência Kennedy ficaram conhecidos.


Apesar de sérias dúvidas sobre o inquérito oficial, de teorias que alegam que o crime organizado, Cuba ou um grupo de agentes de segurança dos EUA estavam envolvidos, os teóricos da conspiração ainda não produziram provas conclusivas de que Oswald agiu em conjunto com outra pessoa.


Fonte: Reuters


Imagem Ilustrativa do Post: New York, United States // Foto de: Alejandro // Sem alterações


Disponível em: https://www.flickr.com/photos/43547009@N00/24450174612


 


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura