TJPR encaminha mais de 12 mil armas de fogo ao Exército Brasileiro

03/01/2018

Durante o ano de 2017, 12.117 armas de fogo e 86.303 munições foram encaminhadas pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) ao Exército Brasileiro. Os armamentos são advindos de processos judiciais de 346 varas e seguiram, em sua maioria para destruição e incineração. Quando em boas condições e adequadas às especificações técnicas, aquelas são encaminhadas as Forças de Segurança ou ao Exército.


Conforme a Resolução 134/2011 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os Tribunais devem encaminhar ao Exército, ao menos duas vezes ao ano, as armas de fogo e munições apreendidas para destruição. De acordo com o site do TJPR, de 2011 a 2016 pelo menos 320 mil armamentos e munições juntados a processos foram entregues para a destruição ou doação em todo o Brasil.


Em entrevista do site do Tribunal do Paraná a Assessoria Militar do TJPR afirma que “é importante retirar essas armas dos Fóruns para garantir a segurança de magistrados, servidores e da própria sociedade. Se uma ação de grandes proporções como essa não tivesse sido realizada, os armamentos (alguns apreendidos há vários anos em ações da Polícia Militar e da Polícia Civil) poderiam voltar ao crime organizado.”


 


Fonte: TJPR


 


Imagem Ilustrativa do Post: bem munidos// Foto de: Andréa Farias Farias // Sem alterações


Disponível em: https://flic.kr/p/41absF


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura