Município terá que arcar com cirurgia dentária de cidadão

27/10/2017

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou antecipação de tutela para determinar que um município do oeste catarinense promova cirurgia para enxerto ósseo e tratamento dentário, com implantes, em cidadão que possui problemas psiquiátricos e neurológicos.


Em ação civil pública, o Ministério Público relata que o paciente necessita urgentemente de tal cirurgia, pois atestados médicos e exames recentes juntados aos autos evidenciam quadro de atrofia muscular generalizada, com perda dos dentes por incapacidade de correta higiene bucal. Além disso, o homem não é capaz de utilizar próteses totais tradicionais, em razão de sua condição muscular que não permite a devida adaptação, bem como por possuir baixa renda familiar para arcar com o tratamento.


Fonte: TJSC


Imagem Ilustrativa do Post: Destista // Foto de: Kaio Oliveira // Sem alterações


Disponível em: https://www.flickr.com/photos/cadeokaio/7593612584


 


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura