Juiz nega pedido de assistência judiciária gratuita, após pesquisar nome da requerente na internet

12/10/2017

Por Redação: 12/10/17


Um juiz de Florianópolis indeferiu o pedido de assistência judiciária gratuita após realizar uma busca na internet e se deparar com fotos que comprovavam que a requerente tinha condições de arcar com as custas do processo.


O pedido da mulher era sobre uma ação de cobrança de título extrajudicial de um ex-sócio no valor que ultrapassa R$400 mil, acompanhado de um pedido de indenização por danos morais no valor de R$20 mil. Segundo os advogados, a cliente não possuía recursos para arcar com as despesas pois estava descapitalizada devido ao prejuízo que levou do sócio.


O juiz, no entanto, notou que as fotos postadas nas redes sociais da requerente não condiziam com a justificativa oferecida pelos defensores para dispensa de pagamento das custas.


Fonte: OAB SC


Imagem Ilustrativa do Post: Friday: Computer // Foto de:Marcie Casas // Sem alterações


Disponível em: https://www.flickr.com/photos/marciecasas/5347580266


 


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura