Centro Cultural Justiça Federal lança revista eletrônica

18/01/2018

O Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) lançou, no final de 2017, a revista eletrônica LexCult. O objetivo é publicar textos inéditos de pesquisadores de qualquer nacionalidade, nas áreas cultural, educacional e jurídica. O primeiro exemplar já está disponível e traz debates interdisciplinares acerca de temas contemporâneos que circundam o pensamento jurídico, cultural e artístico.


Segundo o site da revista, ela é uma publicação de formato eletrônico, com periodicidade quadrimestral, de acesso livre e gratuito, com caráter interdisciplinar e relacionada às áreas cultural, educacional e jurídica. A LexCult aceita submissões de professores, pesquisadores, cientistas e artistas das mais variadas áreas do conhecimento. Para enviar materiais o autor deve, primeiro, fazer seu cadastro no sistema, depois basta realizar a submissão.


Segundo o CCJF a revista “está aberta para receber submissões de trabalhos inéditos para o ano 2018, em fluxo contínuo. No âmbito da Cultura, nas áreas de audiovisual, teatro, literatura, dança e música. No âmbito jurídico, em geral, mas com preferência para temas ligados à sociologia e à filosofia do Direito, direitos humanos, cidadania, questões climáticas, propriedade intelectual, direitos autorais, gênero, direito ambiental, direito dos idosos e direitos das minorias”.


 


Para fazer seu cadastro como autor clique aqui.


 


Para ler as diretrizes para autores, aqui.


 


Ou aqui para submeter seus materias.


 


Endereço eletrônico da revista:


http://lexcultccjf.trf2.jus.br/index.php/LexCult/index


 


Fontes: TRF2, CCJF e LexCult.


 


Imagem Ilustrativa do Post: 2014 01 03 // Foto de: Kevin Wakefield // Sem alterações


Disponível em: https://flic.kr/p/iT6CfB


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura