Aumento de plano de saúde é suspendido por liminar em SP

26/10/2017

O juiz da 5ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar para suspender provisoriamente aumento de plano de saúde aplicado por uma seguradora a uma cliente. De acordo com a decisão, o reajuste aplicado em razão de mudança de faixa etária superaria 100%.


Foi determinada a emissão de novos boletos sem a aplicação do aumento e fixada multa diária de R$ 1 mil, até o limite de R$ 500 mil, em caso de descumprimento da decisão.


O magistrado mencionou em seu despacho julgamento do Superior Tribunal de Justiça, destacando que o reajuste por faixa etária deve estar previsto em contrato e observar as normas de órgãos governamentais reguladores. Cabe recurso à decisão.


Processo nº 1091353-08.2017.8.26.0100


Fonte: TJSP


Imagem Ilustrativa do Post: Health, Doctor and Legal Issues // Foto de: wppaaz // Sem alterações


Disponível em: https://www.flickr.com/photos/141290938@N03/27256428336


 


Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode

O texto é de responsabilidade exclusiva do autor, não representando, necessariamente, a opinião ou posicionamento do Empório do Direito.

Sugestões de leitura