Título: Criminologia, Cultura Punitiva e Crítica Filosófica

Autor:

Código de Barras: 9788594774248

Páginas: 260

Valor: Esgotado

ISBN: 978-85-9477-424-8

Esgotado

Eis um livro plural por excelência – se é que isso pode ser afirmado. Não se trata de mais um mero compilado coletivo de textos. Aqui, pluralidades singulares irredutíveis movimentam-se distante de um objeto – em que pese compartilhem zonas de intensidades comuns sob espectros da criminologia e da crítica filosófica – mais ainda longe de uma autoria – não obstante a nomeação do autor pronta a unificar a escrita. Como lembram Deleuze e Guattari, se cada um de nós somos vários, isso já é muita gente. Um livro, diziam, afinal sempre é inatribuível, senão como um agenciamento de multiplicidades. Agenciamento plural que somente podem ser dito coletivo ao preço de não mais assumir tal coletividade como mero “plural de eu”. Para além da problemática que há muito se interroga sobre o que é um autor
– e que conduz à convocação da alteridade de qualquer autoria – o que seria ele senão a fixação de um nome que somente poderepresentar um rastro de uma intensidade? (...) Se crítica ainda quiser fazer algo que não consista meramente em dizer que as coisas não são bem como são, que tenha a coragem, em termos criminológicos filosoficamente fundados, de expor que tipos de evidências, de modos de pensamento adquiridos e não refletidos repousam as práticas da penalidade que naturalizamos. (...) Doutro modo, sua urgência e dificuldade estão aí: tornar visíveis as práticas da penalidade que teimam se transformar perpetuamente e impedir outros modos de vida. O livro, portanto, carrega este ímpeto de forças múltiplas e críticas sob a tensão da desnaturalzação das violências que a penalidade exerce.


(“Introdução: inspiração-transpiração-conspiração”)

Título: Criminologia, Cultura Punitiva e Crítica Filosófica

Autor:

Código de Barras: 9788594774248

Páginas: 260

Valor: Esgotado

ISBN: 978-85-9477-424-8

SUMÁRIO

Introdução: inspiração-transpiração-conspiração 

Biopolítica e Biocapitalismo: implicações da violência do controle Surveillance e as “Novas” Tecnologias de Controle Biopolítico com Felipe da Veiga Dias

Biopolítica e urbanização: estratégias de controle e exclusão social com Henrique Mioranza Koppe Pereira

Militarização Urbana e Controle Social: primeiras impressões sobre o policiamento por “drones” no Brasil com Eduardo Baldissera Carvalho Salles e Roberta da Silva Medina

Criminologia midiática e a campanha “Crack nem pensar”: refletindo sobre a falta de pensamento com Guilherme Michelotto Böes

Feminismos e Poder Punitivo: vulnerabilidades e resistências com Fernanda Martins

Neoliberalismo e Colapso Ambiental: a comodificação dos recursos naturais com Jádia Larissa Timm dos Santos

O Poder Psiquiátrico e seus Desdobramentos no Sistema Punitivo Brasileiro: novos horizontes antimanicomiais com Camila Oliveira Angel

De Encontro à Razão Neoliberal: primavera árabe, occupy e as jornadas de junho de 2013 no Brasil com Cássia Zimmermann Fiedler e Roberta da Silva Medina

A “Primavera Secundarista”: sobre a criminalização de movimentos sociais 201 com Ana Clara Elesbão

Cultura e Criminalização: um estudo de caso sobre o funk na cidade de Porto Alegre com Ana Luíza Nazário

Necropolítica e Sistema Penal no Brasil com Melody Claire Schmidt dos Santos Vargas

Sugestão de leitura dos autores

Você também pode gostar de:

Voltar