Título: Abolicionismos e cultura libertária

Autor: Guilherme Moreira Pires, Patrícia Cordeiro

Código de Barras: 9788594770660

Páginas: 342

Valor: R$ 60,00

ISBN: 978-85-9477-066-0

R$ 60,00

+ Carrinho

Calcular frete

Faça login ou cadastre-se para calcular o frete.

“Guilherme e Patrícia nos falam de suas aventuras. Passeios comprometidos, sinceros, sobre máquinas, corpos e subjetividades.” – Clécio Lemos

“A coleção de ensaios que Guilherme Moreira Pires e Patrícia Cordeiro reúnem nesta obra transborda sensibilidade. Sensibilidade insurgente, anarquizante e liberadora de diferenças.” – Paulo Resende

“O livro d@s querid@s amig@s Guilherme Moreira Pires e Patrícia Cordeiro traz importantes ponderações sobre os mais distintos assuntos que atravessam não só o abolicionismo penal e o anarquismo de modo geral, mas também o pensamento libertário. Saúdo a leitura desse trabalho tão potente e necessário em dias tão sombrios.” – Pablo Ornelas Rosa

Título: Abolicionismos e cultura libertária

Autor: Guilherme Moreira Pires, Patrícia Cordeiro

Código de Barras: 9788594770660

Páginas: 342

Valor: R$ 60,00

ISBN: 978-85-9477-066-0

ÍNDICE
 
PREFÁCIO LIBERTÁRIO……………………15
PRÓLOGO: RESISTÊNCIA AO PODER PUNITIVO…..19
CAPÍTULO 1 –
SÍMBOLOS, LINGUAGEM E PODER: ANÁ

LISE DA COESÃO FORJADA A PARTIR DE UMA PERSPEC

TIVA ANARQUISTA (E ABOLICIONISTA)………………….23
CAPÍTULO 2 –
ANARQUISMOS E ABOLICIONISMOS
FRENTE À DEMOCRACIA REPRESENTATIVA…………….35
CAPÍTULO 3 –
TRONO E PODER: NAVEGAR SEM TEMER
AS RUÍNAS (DESTRONANDO AUTORIDADES)…………….45
CAPÍTULO 4 –
ABOLICIONISMOS E ANARQUISMOS: PO

TÊNCIAS, DISSIDÊNCIAS E RESISTÊNCIAS. COMPLEXI

DADES PARA ALÉM DAS LEIS E DA PRISÃO-PRÉDIO……….53
CAPÍTULO 5 –
ABOLICIONISMOS E ANARQUISMOS
ANTE A CAPTURA DO TEMPO E O TEMPO PADRÃO DA
LINGUAGEM-CRIME: DESTRONANDO AUTORIDADES E
ARTIFICIALIDADES………………………………….59
CAPÍTULO 6 –
BRASIL EM CRISE: TODOS BRINCANDO
COM A BOLA DA DEMOCRACIA. HISTÓRIAS DE AMOR AO
PODER DO TABULEIRO (ANTI)DEMOCRÁTICO…………..75
CAPÍTULO 7 –
A CASTRAÇÃO DA IMAGINAÇÃO E OS
ETAPISMOS DE UM AMANHÃ PROLONGADO, ETERNIZA

DO, QUE NUNCA VEM: IMAGINAÇÃO CAPTURADA E ATI

VADORA DE NOVAS-VELHAS CAPTURAS…………………81
CAPÍTULO 8 –
ABOLICIONISMOS ENTRE DISPUTAS,
CONTROLES, CAPTURAS E CRUZADAS: MILITANTES OU
MILITARES?………………………………………..85
CAPÍTULO 9 –
DEUSES BRINCANDO COM VIDAS (POE

SIA ANARCO-ABOLICIONISTA)…………………………89
CAPÍTULO 10 –
IMPUNIDADE: O DESSERVIÇO DAS DI

COTOMIAS RASAS DE FRONT………………………….93
CAPÍTULO 11 –
ANARQUISMOS E ABOLICIONISMOS:
CURSO LIBERTÁRIO, BA ARGENTINA…………………..99
CAPÍTULO 12 –
MINICURSO ABOLICIONISTA NO V SE

MINÁRIO DE HUMANIDADES – IFES LINHARES (ESPÍRI

TO SANTO)………………………………………..103
CAPÍTULO 13 –
‘O PROFESSOR’ PERANTE AS INSTITUI

ÇÕES DE ENSINO E A PRODUÇÃO INSTITUCIONAL DA
SUBJETIVIDADE……………………………………107
CAPÍTULO 14 –
ESTADO MODERNO, ESCOLAS E UNI

VERSIDADES: CONSERVAÇÃO E APRIMORAMENTO DA
VERSATILIDADE DOS CONTROLES NO PRESENTE………117
CAPÍTULO 15 –
ANARQUISMOS E ABOLICIONISMO. LI

BERDADES E CONCRETUDES SEM PRETENSÃO DE RES

POSTAS PRÉ-PRONTAS COM PRECISÃO TRANQUILIZADORA…135
CAPÍTULO 16 –
A QUESTÃO CRIMINAL: INFLEXÕES
E REFLEXÕES SOBRE ESTADO, DELITO, LINGUAGEM,
IDEOLOGIA E PODER (PARTE 1)……………………….141
CAPÍTULO 17 –
A QUESTÃO CRIMINAL: INFLEXÕES
E REFLEXÕES SOBRE ESTADO, DELITO, LINGUAGEM,
IDEOLOGIA E PODER (PARTE 2): DAS (EQUIVOCADAS)
PREMISSAS ESTRUTURANTES DO PODER PUNITIVO……..147
CAPÍTULO 18 –
SOBRE MASMORRAS PUNITIVAS: A RA

CIONALIDADE DOS NOSSOS FORMIGUEIRO$……………153
CAPÍTULO 19 –
PRISÕES: EM BUSCA DE UM DENOMI

NADOR COMUM (PARTE 1)……………………………155
CAPÍTULO 20 –
NOSSA COMPLACÊNCIA DE REBANHO
E O POTENCIAL ADORMECIDO. EXISTE SOLUÇÃO?
PRISÕES: EM BUSCA DE UM DENOMINADOR COMUM –
PARTE 2…………………………………………159
CAPÍTULO 21 –
DISCURSOS LEGITIMANTES RESIDUAIS
X ABOLICIONISMO PENAL: NOVOS MUROS OU NOVOS
CAMINHOS?……………………………………….165
CAPÍTULO 22 –
PODER PUNITIVO E DIREITO PENAL:
SEQUESTRO DO CONFLITO, DO TEMPO E DO SER……….171
CAPÍTULO 23 –
DOGMÁTICA JURÍDICO-PENAL E TAU

TOLOGIAS SOCIOPOLÍTICAS: “IMAGINÁRIO PUNITIVO”
X “IMAGINAÇÃO NÃO-PUNITIVA”……………………..183
CAPÍTULO 24 –
E SE VOCÊ NÃO TIVESSE QUE ESCO

LHER ENTRE ABOLICIONISMO E FEMINISMO?…………193
CAPÍTULO 25 –
ENERGIZA-DORES DO CÁRCERE E EM

PILHA-DORES DE CADÁVERES: O BRUTAL IMPACTO DA
GUERRA ÀS DROGAS NO BRASIL………………………199
CAPÍTULO 26 –
PENSAR ALÉM DO CASTELO. UMA RE

FLEXÃO SOBRE FURTOS, ROUBOS E O SISTEMA PENAL…..219
CAPÍTULO 27 –
CÁRCERE ENQUANTO FÁBRICA (DE
TORTURA)…………………………………………223
CAPÍTULO 28 –
CURSO ABOLICIONISMO PENAL LATI

NOAMERICANO (2015)……………………………….227
CAPÍTULO 29 –
LIBERDADES DE PAPEL: ALGO SOBRE
CONTROLE INSTITUCIONAL, PRESSÕES E CENSURA…….237
CAPÍTULO 30 –
O PODER PUNITIVO E O LIMITE DA
CRÍTICA: NO MOSTEIRO DOS SÁBIOS, QUEM NÃO BEBE
DO CÁLICE É EXCLUÍDO OU SACRIFICADO……………..243
CAPÍTULO 31 –
SENSO COMUM DEMOCRÁTICO: EN

SAIO ABOLICIONISTA CONTRA A PUREZA DO PODER
(PARTE 2)………………………………………….249
CAPÍTULO 32 –
IMAGINAÇÃO LIBERTÁRIA: ABOLICIO

NISMOS, ANARQUISMOS E SURREALISMOS……………..271
CAPÍTULO 33 –
TEORIA ABOLICIONISTA: DESVENDAN

DO OS TERRITÓRIOS (DES)CONHECIDOS DA LINGUA
-GEM CRIMINAL…………………………………….279
INTRODUÇÃO À VIDA NÃO PUNITIVA
(POSFÁCIO)…..327
EPÍLOGO INCONCLUSIVO…………………….333
EPÍLOGO –
PIRATAS E MAPAS: CONTRANOTAS CARTO

GRÁFICAS E GEOMETRIA DO ‘IMPOSSÍVEL’……………..337

Sugestão de leitura dos autores

Você também pode gostar de:

Voltar