Moraes Pitombo Advogados abre a escola de formação profissional Humanar, focada em...

Moraes Pitombo Advogados abre a escola de formação profissional Humanar, focada em Direito e Processo Penal

Por Redação – 16/05/2017

O Moraes Pitombo Advogados iniciou as atividades do Humanar Cultura, escola de formação profissional privada, aberta para atender os integrantes do escritório de advocacia, com foco em direito e processo penal. O primeiro curso de processo penal – com 20 participantes – está em andamento e o grupo de estudos sobre lavagem de dinheiro caminha na elaboração do livro de comentários.

Segundo o idealizador da escola, o Advogado Antonio Sergio Altieri de Moraes Pitombo, a Humanar alinha encontros culturais para discussão de temas jurídicos diversos, o aprimoramento profissional que tem realizado por meio de cursos e debates e, destaca, as reflexões sobre as concepções do Prof. Sérgio Marcos de Moraes Pitombo, no qual a nova escola vai permitir que se continue debatendo as suas ideias. “Diante das dificuldades que vivem as faculdades de direito buscou-se criar um centro de excelência voltado a lapidar os conhecimentos na dogmática do direito penal e do processo penal. Além disso, é um centro para estudo de direito penal econômico, que agora se dedica ao tema do crime de “lavagem de dinheiro”.

Ele explica que a concepção da Humanar se inclui em tendência contemporânea para criação de centros de desenvolvimento intelectual capazes de proporcionar uma melhor formação de equipes profissionais. O Humanar desenvolve suas atividades de modo a atender a demanda dos advogados que se organizam para aulas em nível de pós-graduação.

O Moraes Pitombo Advogados é um dos escritórios mais bem reconhecidos nas análises do mercado nacional e ganhou diversos prêmios como o melhor do Brasil na especialidade “White Collar Crimes”. Além disso, o fundador Antonio Sergio A. de Moraes Pitombo foi este ano listado entre os 100 melhores advogados do mundo em pesquisa internacional.

Cursos:

PROCESSO PENAL

Com a finalidade de aprimorar conhecimentos nessa importante área do Direito, o Humanar Cultura desenvolve este curso destinado a dar continuidade aos estudos de Joaquim Canuto Mendes de Almeida, Rogério Lauria Tucci e Sérgio Marcos de Moraes Pitombo. O curso almeja mostrar a originalidade de pensamento dos três professores, bem assim contrapor a visão destes com os problemas contemporâneos da Justiça Penal. O curso tem a duração de um ano e meio. São encontros mensais, com tempo suficiente para leitura de textos e preparação das aulas/debates.

Módulo 1: Introdução e aspectos gerais da advocacia criminal (fevereiro, março e abril/2017);

Módulo 2: Princípio e regras do Processo Penal (maio, junho e julho/2017);

Módulo 3: Temas Fundamentais de Processo Penal (agosto, setembro e outubro/2017);

Módulo 4: Prova no Processo Penal (novembro e dezembro/2017);

Módulo 5: Procedimento (fevereiro, março e abril/2018);

Módulo 6: Colaboração processual (maio e junho/2018).

(Inscrições esgotadas)

LAVAGEM DE DINHEIRO

São seis encontros mensais de um grupo de estudos voltado a examinar sentenças e julgados sobre aplicação da Lei de Lavagem de Dinheiro. O grupo deve se reunir para organizar o material e elaborar a crítica às decisões judiciais – tudo com o fim de elaborar um livro quanto ao estado atual da interpretação e aplicação da aludida lei federal.

1. Conceito de Lavagem de Dinheiro;

2. Bem jurídico e interpretação legal;

3. Tipo objetivo;

4. O crime antecedente e a acessoriedade material;

5. Tipo Subjetivo;

6. Problemas processuais.

Saiba mais em www.humanarcultura.com.br.

Fonte: Instituto Humanar


Imagem Ilustrativa do Post: Reading // Foto de: Sebastien Wiertz // Sem alterações

Disponível em: https://www.flickr.com/photos/wiertz/4604094910

Licença de uso: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/legalcode