Direito e Psicanálise Interlocuções a partir da Literatura

Direito e Psicanálise Interlocuções a partir da Literatura

Título: Direito e Psicanálise Interlocuções a partir da Literatura

Autor: Jacinto Nelson de Miranda de Coutinho

Código de Barras: 9788568972762

Páginas: 168

Valor: R$ 38,00 + Frete R$ 8,00

ISBN: 978-85-68972-76-2

COMPRAR

Referência é termo raro de imputar. Jacinto Nelson de Miranda Coutinho merece. Acolheu-me quando cheguei na UFPR e pude, com ele e pelas indicações dele, buscar um caminho. E muito do trajeto se deu pela leitura cruzada entre Direito e Psicanálise, justamente atravessado pela Literatura. As instigantes interlocuções que promove no livro – decorrentes das Jornadas do Núcleo de Direito e Psicanálise da UFPR – que o leitor tem nas mãos é a demonstração de que sustentar o desejo não é tarefa para qualquer um. Além disso, Jacinto aposta em quem pode, com toda a potência de quem faz a diferença no mundo. Não há idade para o inconsciente, nem para se dar conta de que se opera sempre em diálogo com o outro e o Outro. A vida se faz de apostas. Sempre apostas. Sou grato. Talvez você possa encontrar a si mesmo e alguns conhecidos nas linhas que se seguem. O que ficará é sempre um resto. Alexandre Morais da Rosa

Título: Direito e Psicanálise Interlocuções a partir da Literatura

Autor: Jacinto Nelson de Miranda de Coutinho

Código de Barras: 9788568972762

Páginas: 168

Valor: R$ 38,00 + Frete R$ 8,00

ISBN: 978-85-68972-76-2

ÍNDICE APRESENTAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9

O ESTRANGEIRO DO JUIZ OU O JUIZ É O ESTRANGEIRO? (A PARTIR DE O ESTRANGEIRO, DE ALBERTO CAMUS) . . 13

HENRY SOBEL, CONTARDO CALLIGARIS E O PROCESSO PENAL BRASILEIRO DE HOJE. (A PARTIR DE O PROCESSO, DE FRANZ KAFKA) . . . . . . . . . 31

SISTEMA INQUISITÓRIO E O PROCESSO EM “O MERCADOR DE VENEZA”. (A PARTIR DE O MERCADOR DE VENEZA, DE WILLIAM SHAKESPEARE) . . . . . . . . . . . . . .  43

MENTIRA E A FALTA DA VERDADE (TUTTO IL MONDO È PAESE). (A PARTIR DE O CAÇADOR DE PIPAS, DE KHALED HOSSEINI) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73

MACABREIA: A VIDA SEM ESPERANÇA. (A PARTIR DE A HORA DA ESTRELA, DE CLARICE LISPECTOR) . .. 81

ESTADO DE POLÍCIA: MATEM O BICHO! CORTEM A GARGANTA! TIREM O SANGUE. (A PARTIR DE O SENHOR DAS MOSCAS, DE WILLIAM GOLDING) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 85

POR QUE HANNA SE SUICIDOU? UMA LEITURA DE “O LEITOR” DE BERNHARD SCHLINK. (A PARTIR DE O LEITOR, DE BERNHARD SCHLINK) . . . . 101

“JULGAMENTO É SEMPRE DEFEITUOSO”: A PALAVRA PROTAGONISTA NO JULGAMENTO DE ZÉ BEBELO. (A PARTIR DE GRANDE SERTÃO: VEREDAS, DE JOÃO GUIMARÃES ROSA) . . . . . . . . .  . . . . . . . . . . . . 111

ANTÍGONA: MAS A TIRANIA (…) TEM O PRIVILÉGIO DE FAZER E DIZER O QUE LHE APRAZ (A PARTIR DE ANTÍGONA, DE SÓFOCLES) . . . . . . . . . . . . . 123

PROF. CHIPS: UMA MENINA DESSAS NÃO VEM SEM PREÇO (A PARTIR DE DESONRA, DE J. M. COETZEE) . . . . . . . . . . 137

JÁ SOMOS TODOS LARANJAS MECÂNICAS? (A PARTIR DE LARANJA MECÂNICA, DE ANTHONY BURGESS) . . . . . . . 157