As Andarilhagens da Sustentabilidade no Século XXI

As Andarilhagens da Sustentabilidade no Século XXI

andarilhagens

Autores: Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino e Ana Cristina Bacega De Bastiani

ISBN:  978-85-68972-34-2

Código de Barras: 9788568972342

Páginas: 270

Valor: Não disponível para venda

COMPRAR

Essa obra convida o leitor ou leitora a percorrer outras teorias e práticas para um mundo sustentável. Não se trata de continuar a trilhar caminhos com “aparências” de Sustentabilidade, mas verificar quais andarilhagens, especialmente sul-americanas, esclarece ao Homem o seu sentimento de pertença à Natureza e da necessidade de seu diálogo, de reconhecimento como pressuposto à manutenção não apenas das “presentes e futuras gerações”, mas da comunidade viva na qual habita este planeta.

Os artigos produzidos pelos alunos e alunas do Programa de Pós-Graduação – Mestrado – em Direito da Faculdade Meridional – IMED – demonstram a seriedade acadêmica desta preocupação global, sem que haja uma separação nítida entre o conhecimento abstrato e as experiências as quais trazem significado ao mundo da vida. Desde já, as “andarilhagens da sustentabilidade” começam a realizer os primeiros contornos cartográficos dessa interação Homem e Natureza sintetizada pelo lema: somos um em todos e todos em um.

Autores: Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino e Ana Cristina Bacega De Bastiani

ISBN:  978-85-68972-34-2

Código de Barras: 9788568972342

Páginas: 270

CAPÍTULO 1

O paradigma da sustentabilidade: reflexões a partir da constituição federal brasileira

de 1988. Ana Cristina Bacega De Bastiani / Mayara Pellenz

CAPÍTULO 2

A teoria dos sistemas autopoiéticos como paradigma para o desenvolvimento da

sustentabilidade e do direito. Fernanda Andrade

CAPÍTULO 3

Pluralismo jurídico como dever fundamental ao desenvolvimento sustentável.

Franchesco Maraschin de Freitas

CAPÍTULO 4

Sustentabilidade, direito e vida: em busca da alteridade. Luana Rocha Porto Cavalheiro

CAPÍTULO 5

Decrescimento como direito à sustentabilidade. Lucas Augusto da Silva Zolet.

CAPÍTULO 6

Lev tolstói, o discurso da sustentabilidade e a importância das teorias críticas do

direito. Luis Rosenfield.

CAPÍTULO 7

Reflexões sobre a superação do paradigma antropocêntrico para a preservação

ambiental na américa do sul: os casos da bolívia, equador e brasil. Martan Parizzi

Zambotto.

CAPÍTULO 8

Movimentos sociais e a busca por uma sociedade sustentável.Natasha Alves Ferreira

CAPÍTULO 9

O decrescimento econômico em busca da sustentabilidade ambiental na pós-

modernidade. Priscila Prux

CAPÍTULO 10

Inter-relacionamento virtual e um (re)pensar ético-moral na pós-modernidade. Rafael

Copetti

CAPÍTULO 11

A importância da sustentabilidade como critério de desenvolvimento do

constitucionalismo latino-americano. Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino

CAPÍTULO 12

Sustentabilidade e direito de natureza a partir do paradigma do bem-viver. Silvia

Helena Arizio

CAPÍTULO 13

A ética como fundamento estético e sustentável para uma cidadania mundial. Priscila

Zilli Serraglio